Shirley.comtudo
Open Panel
ALE-RR

Brasil BioFuels S.A inaugura Unidade no Sul do Estado

A Brasil BioFuels S.A. inaugurou recentemente no Sul do Estado (Município de uma unidade para processamento de palmas, para produção de óleo de dendê destinada a geração de energia. E com o sub-produto, ou seja,  o bagaço do óleo, será montado uma usina térmica a vapor que irá gerar dez megas de energia no sul do estado, energia essa que foi contratada pelo último leilão da Aneel dia 31 de maio. A expectativa é de 500 empregos na Operação agrícola e 70 na Operação Industrial além do atendimento de 50 famílias de agricultura familiar.

De acordo Milton Steagall da Brasil BioFuels,  como o processamento da  palma não pode ser mecanizado, tudo será feito 100% manual, não tendo como substituir  a mão de obra local por máquina, o que segundo ele trará desenvolvimento pro estado,  que traz riqueza e gera trabalho pra população.  Ele disse que parte do óleo será escoado até Manaus, onde será transformado  em biodiesl que irá abastecer usinas térmicas que a BBS tem em diverso Estados. Outra parte virá pra Boa Vista, abastecer uma Termo elétrica de 56 megas.

O trabalho manual com a palma, inicia quebrando a dormência da semente e em seguida põe a semente no pré-viveiro durante 90 dias; depois mais 6 meses num viveiro e após esse período, planta-se  as mudas no campo e parte-se para o  trabalho de coroamento, adubação e manutenção dessa árvore durante a vida dela toda  e os frutos também são colhidos manualmente, e para a realização de todo esse processo,  a mão de obra fundamental.  

 Ainda segundo a BBF, essa Termoelétrica de Boa Vista, é abastecida com óleo vegetal, não havendo necessidade ser transformada em biodiesel, o que de acordo com a empresa outra inovação que virá pra Roraima.

* A BBF deataca também que com o vapor excedente da Termoelétrica de 10 Megas que está sendo construída em São João do Baliza, dará início a uma destilaria de álcool que pretende produzir 300 mil litros do produto destinados aos Estados de Roraima e Amazonas, um álcool barato que poderá substituir a gasolina.

Postagens Anteriores