Entre Parentes
Open Panel
Shirley

O ACREDITAR, O AGIR, O ASSUMIR, O REALIZAR

Quando uma jornada se inicia, todo mundo deve ir junto. Com certeza, foi grande a experiência de um projeto de pesquisa com data para começar e terminar. Na exata medida para despertar, a música e a juventude cumpriram seu papel, com maestria, durante o ano de 2013. Ações práticas, coletivas e, sobretudo, voltadas para conectar o nosso tempo com o tempo de nossos ancestrais. Evidenciar o papel das ciências e das instituições de ensino por meio dos programas de extensão da UFRR. Insikiran e Cruviana reúnem todos os seus descendentes, os vizinhos antigos deles e os mais novos. É quando surge um mosaico vivo de diversidade. É quando um povo encontra novamente o rumo no meio de um turbilhão. É quando todo mundo se depara consigo mesmo e percebe seu todo movendo-se para frente. O projeto inicial vai ser concluído e um relatório final será gerado. Nesse ponto, fica o encontro da pesquisa e da vida. O grupo CRUVIANA existe e tem um trabalho de atuação voltado pra a reflexão crítica, a partir do pensar e buscar se expressar. O projeto termina, mas a vida segue melhor. Os estudantes pesquisadores vão concluir seus cursos. Os professores pesquisadores vão continuar suas pesquisas. Mas, é o povo que vivenciou. Como essa mobilização vai continuar repercutindo ativamente na sociedade? Eu digo que já está. O Grupo Cruviana, como a deusa, vai aonde quer; está solto no vento e vai viver para toda a eternidade conosco.            

Obras