Shirley.comtudo
Open Panel
Shirley

Caer garante horário especial para mães com filhos deficientes

shirleycontudo

Adriana Padilha horário diferenciado 2

O direito a horários diferenciado é garantido pela CLT e foi aderido pela empresa na atual gestão

Caer garante horário especial para mães com filhos deficientes

Desde 2019, a Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) utiliza ponto eletrônico para marcar a presença dos funcionários. Pensando na qualidade de vida das servidoras que têm filhos com deficiência, a empresa implantou ponto eletrônico com horário diferenciado para elas.

Conforme o presidente da Caer, James Serrador, garantir o direito dessas mães é um avanço, pois permite melhoria na qualidade de vida da família e isso reflete na melhoria do serviço prestado à população.

"Muitas mães que trabalham e têm filhos com deficiência, têm dificuldade de cuidar das crianças em função do horário de trabalho integral e corrido de seis horas. O que a Caer está fazendo é fazer valer o direito dessas mães, que já é garantido na CLT [Consolidação das Leis do Trabalho]. A lei permite que elas tenham a redução de horário, para poder ter mais tempo para cuidar dos filhos que necessitam de maiores cuidados e o ponto eletrônico facilita o monitoramento da presença delas na empresa", explicou James.

Atualmente, a empresa possui três servidoras com o benefício

Adriana Padilha, que tem um filho de 9 anos com TEA (Transtorno do Espectro Autista), falou das dificuldades na rotina, já que o filho necessita de acompanhamento com vários especialistas e não existe terapia específica para doença.

"A criança autista possui características próprias, como dificuldade de interação social, comunicação, comportamentos estereotipados e interesses restritos, podendo também apresentar sensibilidade sensorial e isso requer um acompanhamento próximo dos pais. O horário especial concedido me permite uma dedicação maior aos cuidados com meu filho, pois além da escola regular pela manhã, ele frequenta terapias no horário oposto. No caso do meu filho, as terapias giram em torno de psicóloga, fonoaudióloga, psiquiatra e psicopedagoga. Mesmo sendo um direito meu, é gratificante saber que trabalho em uma empresa que se preocupa com o bem-estar dos servidores e das suas famílias", disse Adriana.

PONTO ELETRÔNICO - O sistema de ponto eletrônico substituiu a folha de frequência impressa dos servidores da Caer em novembro de 2019. O processo de aquisição do ponto eletrônico da Caer passou por várias fases, desde a licitação, instalação, cadastro de servidores e teste. O processo permitiu que vários órgãos do Governo do Estado, das administrações direta e indireta, aderissem à ata de registro de preços para aquisição do equipamentos, mediante ao processo licitatório.

O diretor Administrativo e Financeiro da Companhia, Thiago Amorin, explicou que a efetivação do sistema facilitou a reorganização do quadro de horários, reduzindo as horas extras. "Um avanço importante para a empresa, que além de regularizar a jornada de trabalho, garante a efetividade da legislação trabalhista. Com certeza, estamos com uma efetividade maior nos processos administrativos e técnicos da Companhia”, disse.

(Fonte: Ascon/Caer)

Postagens Anteriores

folha