Shirley.comtudo
Open Panel
Shirley

Devido a Pendemia do coronavírus, Prefeitura de Bonfim adia festejos

Evento foi remarcado para outubro

A Prefeitura de Bonfim adiou para os dias 29, 30 e 31 de outubro a realização da 30ª edição do tradicional Festejo de Bonfim e a 1ª Expoagro, que estavam previstos para os dias 2, 3 e 4 de abril deste ano.

A medida, em caráter preventivo, busca atender as recomendações sanitárias que pedem a suspensão de eventos públicos que promovam a concentração de pessoas, evitando a disseminação do novo coronavírus.

Embora não existam casos confirmados em Roraima – nove casos suspeitos são investigados – o covid-19 já circula no país e registrou a primeira morte pela doença em São Paulo. Em todo o mundo já são mais de 100 mil infectados e mais de 5 mil mortos.

"O Festejo de Bonfim é um evento tradicional, um dos mais importantes do nosso Estado, com grande movimentação econômica. Mas temos uma responsabilidade enorme com a saúde pública, que sobrepõe a qualquer questão”, enfatiza o prefeito Joner Chagas (Republicanos).

Os comerciantes do município estão sendo informados da suspensão dos eventos, para que se reorganizem e tenham o menor prejuízo financeiro possível.

O show do cantor Léo Magalhães continua na programação. Será no dia 31 de outubro, encerrando o festejo.

AULAS - Iniciou nessa terça-feira (17) a suspensão das aulas na rede municipal de ensino por 15 dias. E também a paralisação pelo mesmo período das atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos ofertado pelo CRAS, onde são atendidas mais de 160 pessoas, entre idosos, crianças e adolescentes.

FRONTEIRA – Nessa segunda-feira (16), o prefeito Joner Chagas reforçou ao Governo Federal o pedido para fechamento da fronteira com a Guiana, a fim de se que evite a disseminação do Covid-19, uma vez que já há relatos de circulação da doença no país vizinho, inclusive com morte.

A Secretaria de Saúde de Bonfim informa que segue todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde para enfrentamento ao novo coronavírus.

Dispõe de um plano de contingência e realiza ações preventivas com panfletagem na fronteira com a Guiana.