Shirley.comtudo
Open Panel
Shirley

Projeto de extensão em saúde realizado no Insikiran recebe certificado de Iniciativa Exitosa do Conselho Federal de Enfermagem

O Projeto do Insikiran contou com apoio da Sesau e voluntários

Um projeto de extensão em saúde coordenado por professores do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena recebeu, neste ano, o certificado de Iniciativa Exitosa concedido pelo Conselho Federal de Enfermagem (COFEN) e o Centro Colaborador da OPAS/OMS para o Desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP.

Com a certificação, o projeto “E’pachimantok - prevenção de ISTs; HIV/AIDS e hepatites virais” passa a compor o conjunto de Iniciativas do mapa de inovações Nursing Now Brasil, um extenso banco de dados de trabalhos realizados no Brasil que mostra conquistas alcançadas por profissionais de Enfermagem em diversas áreas.

O projeto E’pachimantok (termo que significa prevenção na língua do povo Taurepang) foi desenvolvido de 2016 a 2017, sob coordenação das professoras Ana Paula Barbosa Alves e Simone Lopes de Almeida.

Inscrito em 2019 no mapa de inovações Nursing Now Brasil, recebeu em fevereiro de 2021 o certificado de Iniciativa Exitosa.

Para a professora Ana Paula Barbosa Alves, receber a certificação serve como motivação para projetos futuros inovadores.

A docente lembra que, apesar de não ter recursos financeiros institucionais à época do projeto, mais de 1.500 pessoas foram beneficiadas com informações educativas, oferta de testes rápidos e distribuição de preservativos.

Para isso, teve apoio da Secretaria Estadual de Saúde do Estado e de voluntários como os estudantes e professores do curso de Gestão em Saúde Coletiva do Insikiran.

O foco do projeto E’pachimantok foi sensibilizar a população acadêmica sobre a importância da prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)/Hiv/Aids, e hepatites virais.

Entre as ações realizadas constam a distribuição de mais de 1.500 impressos para divulgação e informações sobre prevenção e acesso ao Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).

Além disso, foi criado e implementado um banco de preservativos para as áreas de convivência dos alunos do Insikiran e distribuídos, gratuitamente, 3.500 e 1.800 preservativos masculinos e femininos, respectivamente.

Também foram realizadas oficinas para multiplicadores de informações e realizadas testagens rápidas para HIV, sífilis, e hepatites virais.