Shirley.comtudo
Open Panel
Shirley

Técnicos em educação devem receber precatórios até o dia 30 de junho, de acordo com a Justiça Federal

Foram liberados mais de R$ 600 milhões para pagamento dos precatórios de 2021 para sindicalizados que fazem parte da ação do Sinter

A partir do dia 30 de junho os sindicalizados do Sinter (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima) começam a receber precatórios. O pagamento é referente a ação da década de 1990 sobre o enquadramento dos técnicos em educação (assistentes, copeiras, porteiros e vigias) no Plano Único de Classificação e Retribuição de Cargos e Empregos (PUCRCE). Esses trabalhadores ficaram de fora do PUCRCE e a entidade recorreu à Justiça.

Os valores devem ser recebidos nas agências da Caixa Econômica Federal de 8h às 16h. É necessário levar os seguintes documentos originais:  RG, CPF e comprovante de residência. A gerência do Banco informou que o horário de 13h às 16h será exclusivo para esses clientes. A senha que deve ser solicitada no momento do atendimento é para precatórios.

O montante de mais de R$ 600 milhões será pago pela União. No total, são 1154 trabalhadores que devem receber. A decisão é da Justiça Federal em Roraima.

A lista de sindicalizados que fazem parte da ação está disponível na assessoria jurídica do Sinter. O contato com o sindicato para saber mais sobre o processo deve ser feito por meio do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

“É uma vitória para nós. Os trabalhadores esperaram mais de 30 anos por esse resultado. A Justiça está sendo feita em defesa dos profissionais de educação”, - Josefa Matos, diretora-geral do Sinter.