Shirley.comtudo
Open Panel
Shirley

Cantora roraimense é destaque no maior Portal de Música Independente do País

Cantora Ana Lu:  lançamento de novo trabalho.
Ana Lu, conhecida pela sua raiz no Reggae, em 2020 se aventurou por gêneros que sempre a influenciaram: o Pop e Hip-Hop. 
O EP Loop Of Good Vibes ("Repetição/Ciclo de Boas Vibrações") contém 3 faixas nas línguas inglês e espanhol e foi lançando em formato álbum visual, com um vídeo de 8 minutos reunindo as músicas Just Begun, We Gon' Be Alright e Fantasy. As letras são de sua autoria e os beats são do cantor e produtor Vinícius Maví.

O novo trabalho musical é apresentado como se fosse um jogo, onde cada fase é uma música e você tem que vencê-las uma a uma até o final. O "bônus" ao vencer, de acordo com Ana Lu, é o próximo lançamento e o spoiler da música já está no "game" Loop Of Good Vibes.

As imagens dos vídeos que compõem o EP Audiovisual foram gravadas em duas etapas durante este ano: a primeira em Março na cidade de Miami (FL, USA), durante viagem de família, onde teve sua irmã como diretora de fotografia; e a segunda em Agosto, em Boa Vista (RR), em parceria com o portal regional Marupiara Cultural, tendo Natasha Sarah como diretora de fotografia. A produção executiva e a edição ficou por conta da própria cantora.

Ana Lu encontra-se atualmente como destaque no gênero Reggae do maior portal nacional de música independente Palco Mp3, onde acumula mais de 160 mil plays, e suas músicas estão presentes em 7 playlists, sendo 5 somente com o novo trabalho. O material completo encontra-se nos perfis da cantora em redes sociais.

O EP audiovisual Loop Of Good Vibes está disponível para assistir no canal do Youtube da Ana Lu e as músicas estão em todas as plataformas digitais de streaming.

Assista ao clipe:
https://bit.ly/LoopOfGoodVibesGame/

Palco Mp3:
https://www.palcomp3.com.br/oficialanalu/
https://www.palcomp3.com.br/mp3/reggae/

Instagram:
https://www.instagram.com.br/oficialanalu/  

Facebook:
https://www.facebook.com.br/oficialanalu/    


Assessoria Ana Lu
(95) 98118-9384 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

UFRR comemora 31 anos de existência

Cartão virtual em homenagem aos 31 anos da Instituição

A Universidade Federal de Roraima (UFRR), maior instituição de ensino superior de Roraima, completa 31 anos de existência nesta terça-feira (8). Por causa da pandemia que acomete o mundo, neste ano as comemorações se restringem, simbolicamente, ao ambiente virtual com votos de retorno à normalidade para todos os cidadãos.

A programação desta segunda-feira (8) começou com o envio de um cartão virtual comemorativo aos servidores por fazerem parte destes 31 anos da UFRR e o lançamento da Logo dos 31 anos da instituição nos canais de comunicação oficiais. O Logotipo oficial foi criado pelo programador visual da instituição, designer gráfico Otávio Coelho. Ele explicou que a marca que representa o cuidado com os servidores e a sociedade. As cores simbolizam a diversidade que construiu os 31 anos da UFRR, apresenta um layout moderno com uma visão futurística de uma instituição que olha à sua frente.

Leia mais: UFRR comemora 31 anos de existência

Professoras do Colégio de Aplicação publicam livro infantil

“O dia em que Estrela foi brilhar no céu” é oltado aos leitores iniciantes e autônomos, a partir de 6 anos

As autoras Hellen Rodrigues e Emanuella Vasconcelos, professoras do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Roraima (CAp/UFRR), publicaram o livro de Literatura Infantil “O dia em que Estrela foi brilhar no céu”. Voltado aos leitores iniciantes e autônomos, a partir de 6 anos de idade, a obra aborda um tema delicado: o processo de perda e os múltiplos sentimentos gerados com a morte de uma pessoa querida, como tem ocorrido neste período de pandemia.

A obra está em processo de impressão e finalização. “O processo da escrita requereu que sempre tivéssemos em mente a necessidade de sensibilidade ao tratar sobre o assunto da perda de pessoas queridas em razão do Coronavírus, com uma linguagem apropriada ao público infantil. Ao mesmo tempo, buscávamos trazer elementos de esperança e de identificação visual com a região que vivemos”, relatam as autoras.

Leia mais: Professoras do Colégio de Aplicação publicam livro infantil

ALE-RR vai promover audiência sobre retorno das aulas presenciais

Evento será virtual e está previsto para 18 de setembro; serão convidados para o debate gestores municipais, profissionais da educação e a população em geral

Os membros da Comissão de Educação, Desportos e Lazer, da Assembleia Legislativa de Roraima, se reuniram na tarde da última sexta-feira (04) para analisar documentos enviados por pais de alunos e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima (Sinter). Um dos ofícios solicita a realização de audiência pública para debater a retomada das aulas presenciais nas escolas de todo o Estado. 

Os parlamentares aceitaram a sugestão.  A audiência pública está prevista para ser realizada virtualmente no dia 18 deste mês, a partir das 15 h. “As aulas precisarão reiniciar em algum momento. Nós queremos saber se esse é o momento ideal e o que pensa o Estado sobre isso”, pontuou o presidente da comissão, deputado Evangelista Siqueira (PT).

A comissão vai convidar representantes da sociedade civil, sindicatos e instituições ligadas à Educação, assim como secretários municipais e a secretária estadual de Educação, Leila Perussollo.

Leia mais: ALE-RR vai promover audiência sobre retorno das aulas presenciais

Varas do Tribunal do Júri voltam a realizar julgamentos de Crimes Contra a Vida

O distanciamento social e testagem para o novo Coronavírus estiveram entre os cuidados adotados para este retorno

O TJRR (Tribunal de justiça de Roraima) retomou as sessões das 1a e 2a Varas Criminais do Tribunal do Júri e da Justiça Militar. As sessões populares são pautadas pelos julgamentos de crimes dolosos contra a vida. As atividades no Tribunal do Júri estavam suspensas desde março deste ano, devido à pandemia provocada pelo novo Coronavírus (Covid-19). O retorno faz parte do Plano de Retoma Gradual das atividades do TJRR e ocorre conforme as recomendações do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), além de decreto municipal.

Com essa retomada, inicialmente será dada prioridade aos processos mais antigos e aos de réu preso. À medida que a pandemia for recuando e os números de contaminação caírem significativamente, mais processos entrarão na pauta de julgamentos.

A primeira sessão foi da 2a Vara Criminal, realizada nesta última segunda-feira, dia 31 de agosto, e durou cerca de 12 horas, contando com a presença de 36 pessoas, sendo 27 jurados. Podem assistir aos juris cinco familiares da vítima e cinco familiares dos réus. Entretanto, é necessário testar negativo para Covid-19. As pessoas que testarem positivo são orientadas pelo pessoal da Operação Acolhida, que também providencia os encaminhamentos de saúde necessários.

Segundo a juíza substituta da 2a Vara Criminal, Rafaella Holanda, que presidiu a sessão, além das medidas sanitárias e de distanciamento social, todas as pessoas envolvidas fizeram o teste rápido para o Covid-19. “Graças à colaboração do pessoal da Operação Acolhida, que disponibilizou os testes e também um médico para acompanhar os trabalhos, pudemos realizar o júri com o máximo de segurança para todos”, destacou.

A magistrada avalia que a retomada, seguindo todas as normas das autoridades em saúde, está sendo positiva. “Passamos dias pensando em todas as hipóteses, em todas as medidas de segurança necessárias para resguardar a saúde de todos e é muito gratificante ver tudo funcionando e com tranquilidade”, comentou.

Leia mais: Varas do Tribunal do Júri voltam a realizar julgamentos de Crimes Contra a Vida